segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Jacques Cousteau



Foi com enorme prazer, que o CELTA MORGANA embarcou o grande “Jacques Cousteau” na sua viagem de regresso a Aveiro. A denominada “volta pra casa”, que aconteceu na 3ª semana de Agosto, e apenas agora o relato vem à luz do dia.
Jacques Cousteau esteve seguramente 2 horas à proa do Celta Morgana, a fotografar as caudas e os genitais dos roazes, obtendo fotografias muito idênticas àquelas que Evgeniv Bolha exporta para o National Geographic, mas com menos “grão” – na modesta opinião do Gaulês.
A foto ilustra o sorriso característico daquela personagem, e o gorro encarnado não é mais do que uma imagem de marca. Para mim, na qualidade de armador, foi um reviver das longínquas tardes de Sábado no CANAL 2, onde rolavam os seus documentários com dobragem de vozes feitas pela Maria Margarida, Raúl Durão e José Mensurado. Logo a seguir vinha o “esquerdalho” do Vasco Granja.

2 comentários:

Eugénio disse...

E não é que se ele fosse mais magrinho enganava mesmo?

BLUE MOON I disse...

Quem é que não é magrinho????